Covid-19. Já são 13 as pessoas infetadas com coronavírus em Portugal

A ministra da Saúde revelou que há quatro novos casos de infeção pelo novo coronavírus, três internados no Porto e um em Lisboa.

Há mais quatro pessoas em Portugal infetadas pelo novo coronavírus - três estão internadas no Hospital de São João, no Porto, e uma está numa das unidades do Centro Hospital Lisboa Norte -, confirmou esta sexta-feira a ministra da Saúde, Marta Temido. São agora 13 os casos positivos detetados no país.

"Destes quatro novos casos, três são no Norte e têm ligação epidemiológica a casos anteriores" e a Itália. "O caso de Lisboa ainda não tenho informação", disse aos jornalistas Marta Temido, em Bruxelas, onde participa numa reunião de ministros da Saúde da União Europeia.

"Que eu saiba não tem ligação à escola da Amadora", disse ainda a ministra sobre o novo caso de Lisboa referindo-se ao estabelecimento de ensino onde leciona a professora infetada com o novo coronavírus.

"Continuamos com uma identificação da ligação epidemiológica dos casos [...], o que nos permite identificar a existência de casos e nos dá confiança de não haver ainda transmissão livre na comunidade", concluiu a ministra da Saúde.

"Mantemos a fase de contenção alargada", esclareceu ainda Marta Temido.

De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS) há ainda 147 casos suspeitos e 213 pessoas estão sob vigilância.

Os quatro novos casos somam-se aos nove contágios confirmados nos últimos dias pelas autoridades nacionais de saúde: oito homens e uma mulher.

Cronologia dos casos

Os dois primeiros infetados no país - confirmados na segunda-feira pela ministra da Saúde e pela Direção-Geral da Saúde -, dizem respeito a dois homens, um médico de 60 anos com ligação epidemiológica a Itália e um comercial de 33 anos que esteve em Valência.

Na terça-feira, surgiu a confirmação de mais dois infetados, todos eles com ligação aos casos anteriormente diagnosticados com Covid-19 em Portugal.

De acordo com a informação da DGS, o 3º caso refere-se a um homem de 60 anos, internado no Hospital de S. João, no Porto, com "ligação a caso confirmado" e 4º caso reportado é o de um homem de 37 anos, que está no Hospital Curry Cabral, em Lisboa, igualmente com "ligação a caso confirmado" para o novo coronavírus.

Já o quinto infetado por Covid-19 em Portugal é professor na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo (ESMAE), que faz parte do Instituto Politécnico do Porto (IPP), tendo regressado recentemente de Itália.

O sexto caso foi de um paciente de Lisboa e é referente a uma mulher entre os 40 e os 49 anos. Trata-se de um caso importado, uma vez que a mulher esteve recentemente em Itália. Trata-se da professora da escola da Amadora, que tem agora cerca de 150 alunos em isolamento em casa.

Já esta quinta-feira de manhã foram revelados dois casos de dois homens que estão internados no Centro Hospitalar Universitário de São João. Um tem 50 anos e veio de Itália e o outro, de 49 anos, tem ligação a caso confirmado, refere a DGS, em comunicado.

No mesmo dia, à tarde, a DGS confirmou um nono caso, dizendo tratar-se de um homem de 42 anos, internado no Curry Cabral em Lisboa, após ter estado em Itália e tido contacto com um caso confirmado.

Mais de 100 mil infetados

O surto de Covid-19 - a doença provocada pelo novo coronavírus, que pode causar infeções respiratórias como pneumonia - detetado em dezembro na China, já provocou no mundo mais de 3400 mortos e infetour mais de 100 mil pessoas.

Das pessoas infetadas, mais de 55 mil recuperaram.

Além da China, há registo de vítimas mortais no Irão, Itália, Coreia do Sul, Japão, França, Hong Kong, Taiwan, Austrália, Tailândia, Estados Unidos da América e Filipinas, San Marino, Iraque, Suíça, Espanha, Reino Unido e Holanda.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o surto de Covid-19 como uma emergência de saúde pública internacional e aumentou o risco para "muito elevado".

Mais Notícias