Cinco mortos e 21 pessoas infetadas num lar em Sintra

Trata-se do lar Clube Fénix One , localizado na zona do Magoito, que acolhe cerca de 40 utentes.

Um surto de covid-19 detetado no lar Clube Fénix One, em Sintra, já provocou a morte de cinco utentes, estando ainda 21 pessoas infetadas, disse hoje à agência Lusa fonte da Câmara Municipal.

Em causa estão 15 utentes e seis funcionários deste lar, localizado na zona do Magoito, segundo referiu à Lusa o vereador com o pelouro da Saúde da Câmara Municipal de Sintra (distrito de Lisboa), Eduardo Quinta Nova.

O autarca explicou que o surto no lar Clube Fénix One foi reportado em 3 de setembro e que desde esse dia a situação foi acompanhada pelas autoridades, tendo sido realizados testes e a desinfeção das instalações.

"Ao dia de hoje temos 15 utentes positivos, dos quais três estão em internamento hospitalar, e ainda temos seis trabalhadores. Foram já feitos os primeiros testes e cura, por isto ainda se mantiveram estes positivos. Irão fazer os segundos testes de cura na sexta-feira, no sentido se saber se já há mais utentes e trabalhadores curados", descreveu.

Eduardo Quinta Nova referiu ainda que o lar está a ser alvo durante o dia de hoje de uma ação de desinfeção e que as visitas à instituição se encontram suspensas.

O lar Clube Fénix One acolhe cerca de 40 utentes.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão de mortos e mais de 33,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.963 pessoas dos 74.717 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Mais Notícias