México: morrer em nome da verdade

Texto de Pedro Cardoso, no México 16 de maio. Nem há um mês. No chão de cimento, um corpo com marcas de violência e um tiro na cabeça. Duas garrafas de cerveja vazias – uma verde, outra castanha – sustêm um plástico azul que mal cobre a cara e o peito de Francisco Romero. São seis da manhã e a notícia estala na turística Playa del Carmen, a 70 quilómetros de Cancun: mataram Ñaca-Ñaca. O jornalista de “Ocurrió Aquí” caiu numa emboscada. “Por volta das cinco da manhã, recebeu uma chamada para cobrir algo no bar ‘La Gota'”, conta à […]

Para saber mais clique aqui: www.noticiasmagazine.pt

Mais Notícias