Dor crónica, dor que mói

Texto de Sara Dias Oliveira Uma crise ciática, uma dor na coluna intensa e forte, o corpo sem capacidade de reação, dois meses sem conseguir trabalhar. Seguiu as indicações do costume: medicação, reabilitação, exercício físico. Não correu bem. Lesões musculares, mais um período de baixa, e as dores não passavam. Foi há quase uma década e hoje Catarina Marques, com 47 anos, recorda o percurso até chegar a confirmação de dor crónica que lhe afeta a coluna. Foram quase sete anos até perceber o que tinha. A mãe convenceu-a a ir ao seu reumatologista, que quis tirar a limpo o […]

Para saber mais clique aqui: www.noticiasmagazine.pt

Mais Notícias