Anabela Baldaque: “Ainda acordo a meio da noite para desenhar”

Por Sara Dias Oliveira Vejo Bem… Sou muito curiosa. Curiosa de coisas no sentido de estar sempre a querer um novo desafio. Sou bichinho carpinteiro. O que as pessoas fazem é o que me dá substrato para criar roupa. O sentido de humor. Isso pode ser visível nas minhas coleções, através das misturas que faço dos padrões, texturas e cores. Apesar de muito simples, as minhas peças têm muita cor. A vida tem de ter sempre cor. Tenho consciência que o meu sentido de humor nem sempre é detetável, pode estar escondido, mas não vivo bem sem ele. Sou generosa. […]

Para saber mais clique aqui: www.noticiasmagazine.pt

Mais Notícias