Um ferido em ataque com faca em consulado francês na Arábia Saudita

Guarda do consulado sofreu ferimentos leves. Motivações do ataque são ainda desconhecidos. Nesta quinta-feira já tinha havido um ataque em Nice que causou três mortos.

Um cidadão saudita feriu esta quinta-feira um guarda num ataque com faca no consulado francês em Jeddah, na Arábia Saudita, anunciaram a imprensa estatal e a embaixada francesa.

"O agressor foi detido pelas forças de segurança sauditas imediatamente após o ataque. O guarda foi levado ao hospital e a vida dele não está em perigo", disse a embaixada em comunicado.

A polícia da província de Meca, onde fica Jeddah, disse que o agressor era saudita, mas não informou a nacionalidade do guarda, que sofreu ferimentos leves.

A embaixada francesa em Riade condenou veementemente o ataque e instou os seus cidadãos na Arábia Saudita a exercer "extrema vigilância".

Nem as autoridades sauditas nem a embaixada francesa deram qualquer indicação da motivação do ataque.

No entanto, este ataque ocorre durante a crescente indignação no Médio Oriente sobre a promessa do presidente francês Emmanuel Macron de não "desistir dos cartoons" a retratar o profeta Maomé, que o desencadeou um crescente boicote aos produtos franceses no mundo árabe.

Esta quinta-feira, um ataque à faca numa igreja em Nice fez três mortos. As autoridades francesas estão a tratar o caso como um ataque terrorista.

Mais Notícias