Trump faz discurso das vitórias americanas. "Nunca nos tirarão a nossa liberdade"

Presidente Donald Trump falou nas comemorações da Independência dos EUA que este ano foi marcado por uma invulgar parada militar.

Sob cânticos de "EUA, EUA, EUA", Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fez esta quinta-feira, 4 de julho, o seu discurso das comemorações da independência dos Estados Unidos, intitulado "Uma saudação à América".

"Para americanos, nada é impossível", afirmou Trump, num discurso que realçou os grandes momentos da história dos EUA, desde as conquistas militares durante a Guerra da Independência à chegada do Homem à Lua (acontecimento que comemora este ano o 50.º aniversário).

Praticamente nenhuma conquista ou invenção americana fica de fora, do cinema (incluindo os Westerns) à música (referiu o jazz e o rock'n'roll), das forças militares (incluindo a nova "força espacial") aos movimentos de liberdades civis (incluindo as sufragistas), passando pelo agradecimento a todas as forças de segurança.

"A nossa luta pela grandeza criou uma cultura de descoberta que levou Thomas Edison a imaginar a lâmpada elétrica... e os irmãos Wright a olhar para os céus e imaginar a próxima fronteira", afirma Trump.

A chuva não afastou milhares de pessoas que se deslocaram ao Memorial de Lincoln para as celebrações, que contaram com a música da banda da Guarda Costeira, voos rasantes do Air Force One e de outros aparelhos da Força Aérea e da Marinha americanas.

O longo discurso, entremeado com marchas militares, acabou por se resumir a um longo elogio a todos os ramos das forças armadas, um a um, com a referência a vitórias passadas, da II Guerra Mundial à derrota "do califado do ISIS na Síria".

Tudo isto enquanto aviões e helicópteros sobrevoaram o local.

"Enquanto nos lembrarmos da nossa história, enquanto continuarmos a lutar, não haverá nada que a América não pode fazer", afirmou Trump. "Somos um povo em busca de um sonho e de um magnífico destino. Somos todos criados pelo mesmo Deus todo-poderoso".

E terminou agradecendo a todos os que participaram neste evento. "Deus abençoe a todos, Deus abençoe os militares e Deus abençoe a América", concluiu.

Mais Notícias