Trump diz que agora é imune à covid-19

Foi numa entrevista esta manhã à Fox News que o presidente dos Estados Unidos disse que já não está infetado pelo novo coronavírus e anunciou que é agora "imune" à doença, estando portanto pronto para voltar à estrada e à campanha.

Em resposta a uma pergunta de Maria Bartiromo, apresentadora do Sunday Morning Futures, da Fox News, sobre se, de acordo com o seu médico, já não estava infetado com o novo coronavírus, Donald Trump respondeu: "Sim, e não só, parece que também sou imune, portanto posso sair, o que faria de qualquer maneira".

Isto apesar de não haver ainda, de acordo com aquele canal informativo, confirmação oficial de que o presidente tenha testado negativo à covid-19.

Na mesma entrevista, Donald Trump insistiu que estava em muito boa forma para travar as lutas que tinha pela frente. "Venci este horrível e insano vírus da China, passei os testes maiores, e estou em ótima forma. Tenho que lhe dizer que me sinto fantástico. Sinto-me realmente bem", disse.

E voltou à carga contra a China, país ao qual continua a atribuir a responsabilidade pela pandemia. "A culpa é da China", afirmou, mantendo que os números de casos e mortes dos Estados Unidos estão muito abaixo do previsto e demonstram "o fantástico trabalho" que tem sido feito pela sua presidência.

Quanto à continuação da campanha e dos eventos públicos que implicam aglomerações de pessoas e têm gerado várias críticas, incluindo do médico Anthony Fauci, Trump não desarma e continua, ao seu estilo, a dizer que os médicos da Casa Branca são os melhores e dizem que "não há qualquer perigo de transmissão".

Mais Notícias