Guerra Índia-Paquistão seria "divertida". Trevor Noah obrigado a pedir desculpas

O comediante Trevor Noah pediu desculpas por ter feito piadas sobre o aumento da tensão entre a Índia e o Paquistão por causa de Caxemira.

No programa The Daily Show, o comediante Trevor Noah resolveu parodiar a tensão crescente entre a Índia e o Paquistão sobre a disputa de Caxemira, que considerou que uma guerra entre os dois países, ambos potências nucleares, podia ser "divertida" e a "mais longa de todos os tempos".

Estas palavras geraram uma onda de revolta na Índia, onde milhares de pessoas expressaram a sua fúria no Twitter.

Ambos os países reivindicam a soberania sobre Caxemira, mas cada um controla apenas uma parte do estado e a tensão entre ambos atingiu nas últimas semanas proporções sem precedentes.

As coisas precipitaram-se depois de as forças armadas indianas terem indicado na terça-feira que tinham realizado um ataque aéreo contra um campo de treino do grupo islâmico Jaish-e-Mohammed. Este reivindicou um atentado suicida na Caxemira indiana, que matou pelo menos 40 paramilitares indianos a 14 de fevereiro. Islamabad denunciou imediatamente uma "agressão inoportuna" e prometeu responder "na hora e local" que escolhesse.

As forças armadas paquistanesas afirmaram posteriormente terem abatido dois aviões indianos no espaço aéreo do Paquistão e detido dois pilotos indianos. Nova Deli anunciou por seu turno ter abatido um avião paquistanês em Caxemira e ter perdido "um Mig-21", cujo piloto foi então dado com "desaparecido em combate". Mais tarde as autoridades paquistanesas acabaram por libertar o piloto num "gesto de paz".

Depois de falar do conflito Trevor Noah, comediante sul-africano, foi apelidado de "racista" e de "insensível". Um dos utilizadores que o criticou no Twitter, acusou-o de ridicularizar "a guerra através de um estereótipo de Bollywood". Noah responde com argumentos sobre o seu processo de comédia, mas acabou por pedir desculpas. "Sinto muito que isso vos tenha magoado".

O comediante argumentou que usa o humor para "processar a dor e o desconforto", dando até o exemplo das piadas que faz sobre a mãe ter sido baleada na cabeça.

Na página do YouTube do The Daily Show, várias pessoas expressaram consternação, mas outros mostraram que considerava o episódio engraçado.

Mais Notícias