Senado dos EUA rejeita primeira tentativa republicana para substituir Obamacare

Com 43 votos a favor e 57 contra, os republicanos não foram capazes de aprovar o projeto em que trabalhavam há várias semanas

O Senado dos Estados Unidos recusou na terça-feira à noite a primeira proposta dos republicanos submetida a votação nessa câmara para rejeitar e substituir o Obamacare, o sistema de saúde do ex-presidente Barack Obama.

Com 43 votos a favor e 57 contra, os republicanos não foram capazes de aprovar o projeto em que trabalhavam há várias semanas, ao qual se opuseram nove senadores do seu próprio partido.

É provável que os republicanos voltem a votar um novo projeto para rejeitar o Obamacare sem um plano para o substituir, proposta que também deve ser derrotada por falta de apoio.

Estas votações surgem depois de a Câmara Alta aprovar, também na terça-feira, o início de um novo procedimento legislativo de modo a permitir a discussão da alteração da legislação sobre acesso aos cuidados de saúde.

O resultado dessa votação foi de 51-50, tendo sido necessário que o vice-presidente, Mike Pence, que preside ao senado, desempatasse os senadores.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG