Polícia fecha três escolas devido a ameaça de doces envenenados

Caso estará ligado a tentativa de extorsão contra o fabricante dos doces

A polícia alemã fechou e revistou hoje três escolas na cidade de Kiel (norte), após ter recebido ameaças sobre a presença de veneno em doces de maçapão, resultado de uma aparente tentativa de extorsão contra o fabricante dos bolinhos.

O caso começou na segunda-feira, quando a polícia foi alertada para uma mensagem de correio eletrónico a dar conta de que tinham sido postos no pátio de uma escola de Kiel alimentos envenenados. No dia seguinte a polícia revistou a escola e detetou uma substância suspeita em vários doces de maçapão deixados no pátio.

Fontes policiais indicaram hoje que as primeiras análises aos doces mostram que a substância suspeita não seria perigosa para as crianças, mesmo que alguma delas tivesse chegado a ingerir os doces.

Desde então as ameaças têm vindo a suceder-se, não só relativamente à primeira escola como a outras duas, o que motivou a decisão de fechar os três estabelecimentos de ensino para proceder a uma inspeção geral.

A investigação policial está centrada na hipótese de que se trata de uma tentativa de extorsão contra o fabricante dos doces (muito populares na Alemanha), se bem que na cidade de Kiel não há nenhuma empresa dedicada à produção desta variedade de bolo.

As três escolas foram seladas às 07:00 (06:00 em Lisboa) e as poucas crianças que a essa hora já teriam entrado nas escolas foram mandadas de volta para casa.

Mais Notícias