Planeou fuga da mulher da prisão em helicóptero, mas foi preso porque reservou aeronave em seu nome

O plano parecia ao bom estilo de um filme de ação. Mas fracassou e o responsável foi facilmente apanhado. "Foi tudo encenado de forma bastante amadora", atirou o advogado.

Um homem com cadastro, que sequestrou e desviou um helicóptero no ar com o objetivo de tentar ajudar a mulher a fugir de uma prisão em Bruxelas, na Bélgica, foi preso depois a polícia ter descoberto que fez a reserva do voo no seu próprio nome.

Mike Gielen, de 24 anos, ameaçou o piloto do helicóptero usando uma imitação de um revólver enquanto tentava libertar a mulher, Kristel Appelt, 27 anos, da prisão feminina de Berkendaal, no sul de Bruxelas, na sexta-feira, onde ela estava presa sob suspeita de ter matado um ex-namorado.

O helicóptero sobrevoou a prisão várias vezes, mas o plano de Gielen acabou por fracassar porque o piloto não conseguiu pousar no pátio da prisão. Além disso, Gielen sentiu-se enjoado e foi obrigado a colocar a cabeça de fora em cinco ocasiões para vomitar.

Depois de gorada a hipótese de fuga da mulher, Gielen obrigou o piloto a levá-lo para um outro local, onde o seu pai adotivo o esperava dentro de um carro.

Os dois homens e mais dois suspeitos, com idades entre 18 e 22 anos, acabaram por ser presos 24 horas após o plano de fuga da prisão, quando as autoridades descobriram que Gielen tinha usado o seu próprio nome para reservar o helicóptero no aeroporto de Deurne, perto de Antuérpia.

"Posso confirmar que o meu cliente admitiu que queria libertar a sua mulher da prisão", disse Tom van Overbeke, advogado de Gielen. "Parece que o plano todo foi encenado de forma bastante amadora", acrescentou.

Os quatro homens vão comparecer perante um juiz de instrução em Antuérpia sob a acusação de roubo com violência com arma, participação em organização criminosa, privação ilegal de liberdade e tentativa de fuga.

Gielen, um traficante de drogas condenado, conheceu e casou-se com a mulher na prisão mista de Hasselt no ano passado.

Kristel Appelt, de 27 anos, está presa sob suspeita de ter esfaqueado Andy Vandereyt, 30, durante uma luta de rua em 2 de dezembro de 2018.

Mais Notícias