Nova Iorque registou menor número de homicídios desde 1951

Em 2017, cidade norte-americana registou o número mais baixo de homicídios desde 1951, anunciou o comissário da polícia

A cidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos, registou 290 homicídios em 2017, o número mais baixo desde 1951, existindo também uma diminuição dos tiroteios e do número de detenções verificadas.

"Nova Iorque não é o pesadelo violento sobre o qual lemos, é nossa casa e estamos dispostos a lutar por isso", disse o comissário da polícia, James O'Neill, na sexta-feira.

O presidente da Câmara de Nova Iorque, Bill de Blasio, afirmou que a descida do crime é um ponto alto na história do departamento.

Em 2016 houve 335 homicídios, com 2017 a ser o ano com menos homicídios, 290, desde de 1951, data em que começaram a ser registados os crimes.

O número de detenções também diminuiu cerca de 30 mil em relação a 2016, com o registo mais alto a ser de 2010, com 422.325.

As autoridades explicam que existem menos detenções porque estão a trabalhar de uma maneira mais inteligente.

A redução foi também sentida no número de tiroteios e no número de crimes reportados em 2017, com as violações a serem o único caso que aumentou em relação ao ano anterior, com 1.446 casos, mais quatro que em 2016.

"Nós podemos fazer melhor", disse o chefe Dermot Shea, diretor de estratégias para o controlo de crimes.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG