Homem encontra diamante de nove quilates em parque nos EUA

Kevin Kinard descobriu a pedra preciosa no Parque Estadual da Cratera de Diamantes, em Arkansas. "Pensei que poderia ser vidro", confessou.

Kevin Kinard, 33 anos, estava a visitar o Parque Estadual da Cratera de Diamantes, em Arkansas, Estados Unidos, quando descobriu um diamante de 90,07 quilates.

Não foi a primeira vez que este homem, gerente numa agência bancária, procurou diamantes no parque, mas desta vez não voltou de mãos vazias, tendo encontrado o segundo maior diamante alguma vez descoberto naquele parque durante um passeio com amigos no Labor Day [Dia do Trabalhador], a 7 de setembro.

"Se encontrasse qualquer coisa que se parecesse com um cristal, agarrava e colocava na minha bolsa", afirmou, num comunicado ao departamento de imprensa do parque. Porém, Kinard encontrou um cristal do tamanho de um berlinde. "Parecia interessante e brilhante. Mas pensei que poderia ser vidro", contou.

Após horas de buscas, Kinard e os amigos pararam no Diamond Discovery Center do parque para que as suas pedras fossem examinadas. Momentos depois foi chamado a um escritório e recebeu a boa notícia: "Sinceramente, chorei quando me contaram. Fiquei em completo choque", confessou, citado pela CNN.

Kevin Kinard decidiu chamar o diamante de Find the Kinard Friendship Diamond.

Mais de 75 mil diamantes foram desenterrados no parque desde que os primeiros foram descobertos em 1906.

Mais Notícias