Gorila ataca tratadora em zoo de Madrid

Caso aconteceu no domingo de manhã quando uma funcionária ia dar o pequeno-almoço ao animal. Tratadora sofreu ferimentos graves e foi transportada para o hospital.

Uma funcionária do zoo de Madrid foi atacada de forma violenta por um gorila na manhã deste domingo. Tudo aconteceu quando a tratadora, de 46 anos, entrou na jaula do animal de 200 quilos para lhe dar o pequeno-almoço. Na sequência do ataque, a mulher teve de ser transportada para um hospital da capital espanhola por ter sofrido diversos traumatismos.

Eram cerca das 10.15 quando a tratadora entrou na jaula como habitualmente para dar a primeira refeição do dia a Malabo, um gorila de 29 anos com 200 quilos. Sem nenhuma razão aparente, o animal "começou a sacudi-la utilizando toda a sua força", contou a porta-voz do zoológico de Madrid.

Apercebendo-se da situação, vários funcionários correram para o local e com o auxílio do fumo de extintores conseguiram afastar o gorila. Depois de resgatarem a colega, colocaram o animal a dormir com o auxílio de um dardo tranquilizador.

Uma equipa médica da proteção civil deslocou-se imediatamente para o local. A mulher sofreu traumatismos cranioencefálico e toráxico, além de fraturas nos dois braços e ainda várias contusões.

A polícia foi chamada para investigar este acidente de trabalho e averiguar se houve ou não uma falha humana. De acordo com responsáveis do zoo, o gorila que nasceu no zoológico de Madrid era considerado pelos tratadores como "um animal querido", daí que o ataque esteja a causar uma certa surpresa.

Por uma questão de segurança, a ala onde se encontram os gorilas esteve encerrada ao público durante todo o domingo.

Mais Notícias