Explosões em Bagdade causaram 70 mortos e mais de 100 feridos

O autoproclamado Estado Islâmico já assumiu a autoria do duplo atentado no bairro de maioria Xiita, em Sadr, nos arredores a nordeste de Bagdade,

Explosões junto a um mercado em Bagdade, numa área xiita, causaram hoje a morte a 70 pessoas e ferimentos em mais de 100, avança a agência Reuters, citando fontes médicas e das forças de segurança. Um balanço anterior dava conta da morte de 22 pessoas.

As explosões deram-se no bairro de Sadr, no norte da capital iraquiana. O atentado já foi reivindicado pelo grupo terrorista Estado Islâmico, indica a Reuters.

Segundo uma fonte dos serviços de segurança, citada pela Efe, uma motorizada explodiu no mercado de Mirdi, e em seguida um indivíduo fez explodir um cinturão de explosivo.

Sadr é um bastião dos seguidores do dirigente xiita Muqtada al Sadr.

Os atentados foram os mais mortíferos ataques a atingir a capital este ano, segundo a AFP.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG