Divórcio milionário. Casal negoceia 4300 milhões de euros e 800 obras de Warhol

David Mugrabi​​​​​​, empresário e colecionador de arte, foi filmado a trair a mulher

É o processo de divórcio mais comentado do momento nos EUA. Sem acordo pré-nupcial, os milionários Libbie e David Mugrabi negoceiam uma fortuna de cinco mil milhões de dólares (4300 milhões de euros) e uma coleção de arte onde se incluem 800 obras de Andy Warhol.

David e Libbie casaram-se há 13 anos, e têm dois filhos, com 9 e 11 anos. Segundo o El País, em julho, enquanto passavam férias nos Hamptons, um conjunto de aldeamentos e vilas de luxo no estado de Nova Iorque, soube-se que tinham dado início ao processo de divórcio no Supremo Tribunal da cidade. Em causa, conta a mesma publicação, um caso de infidelidade.

Libbi terá pedido à babysitter das crianças para recolher imagens na casa de verão da família, tendo apanhado o marido com uma mulher nua.

David, colecionador e comerciante de arte, tem uma fortuna avaliada em 5000 milhões de dólares e trabalha com obras de artistas como Picasso, Renoir e Damien Hirst. Entre muitas outras, tem 800 obras de Andy Warhol.

De acordo com a informação avançada pela Page Six, o empresário pagará cerca de 21 700 euros por mês à ex-mulher e ficará responsável por todas as despesas com a educação dos filhos. Um valor que não surpreende, uma vez que os custos da família são estimados em 2,6 milhões de euros por ano.

Como não houve a assinatura de um acordo pré-nupcial, Libbie, consultora de arte, poderá vir a ter direito a uma fortuna.

A imprensa prevê que o divórcio seja longo e mediático, com os melhores advogados da cidade envolvidos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG