Criança sobrevive quase três dias a temperaturas negativas e chuva forte

Casey Hathaway, de apenas três anos, foi encontrado numa floresta da Carolina do Norte, depois de ter desaparecido na terça-feira quando brincava em casa da bisavó

Numa altura em que as atenções na Europa estão centradas no resgate em Espanha de Julen, dos Estados Unidos da América vêm boas notícias de uma busca por outra criança desaparecida. Casey Hathaway, um menino de três anos que se perdeu na terça-feira na Carolina do Norte, foi encontrado vivo esta quinta-feira à noite (já madrugada em Portugal) numa floresta do Condado de Craven. Vivo e de boa saúde, apesar de ter passado quase três dias à mercê de chuvas fortes e temperaturas noturnas negativas.

Casey desapareceu quando brincava com duas crianças da sua família no quintal da bisavó. "Ele estava a andar junto ao bosque na parte de trás da casa e agora não o conseguimos encontrar", relatou a bisavó no telefonema para o 911 (o número de emergência nos EUA), 45 minutos depois de a família ter começado a procurar a criança. "Os outros voltaram para dentro e deixaram-no lá, ele saiu e agora não o conseguimos encontrar".

Foi o mote para se montar imediatamente uma enorme operação de busca, que envolveu o FBI, o NCSI (agência de investigação ligada à Marinha), militares e dezenas de voluntários. A chuva forte, acompanhada por fortes rajadas de vento, pouca visibilidade e temperaturas negativas à noite, fizeram com que as autoridades concentrassem esforços numa vasta área de floresta no Condado de Craven.

Durante mais de 48 horas, as buscas redundaram em nada. Mesmo com o recurso a helicópteros, drones, mergulhadores e cães não foi possível encontrar Casey. "O terreno é muito traiçoeiro. Há áreas inundadas, cheias de buracos, e até equipas de resgate treinadas têm sentido dificuldades em continuar em segurança", descrevia na quinta-feira à noite o gabinete do xerife do condado, que afastaram a hipótese de a criança ter sido raptada.

Mas as boas notícias acabariam por chegar apenas duas horas depois desta publicação no Facebook. "O Casey foi encontrado vivo. Ele foi localizado por equipas profissionais de busca e resgate e está bem de saúde, a falar e a ser avaliado por médicos. Já está com a sua família", anunciaram as autoridades às 22.00 locais (3.00 da manhã desta sexta-feira em Portugal), informações detalhadas pouco depois pelo xerife em conferência de imprensa, onde foi acompanhado pelos pais de Casey. "Seguimos uma pista que nos levou a um local onde conseguimos ouvir a voz de uma criança a chamar pela mãe", contou Chip Hughes ao jornalistas.

A polícia seguiu o chamamento e deparou-se com Casey enredado em espinhos e arbustos, enregelado. A criança teve de receber tratamentos a cortes, mas os exames concluíram que estava bem de saúde. "Está bem e a falar", acrescentou, emocionada, a mãe de Casey. "Está tão bem que já pediu para ver Netflix".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG