Coreia do Norte diz que não vai fazer mais testes de mísseis

Líder norte-coreano anunciou a suspensão de todos os ensaios e o encerramento do centro nuclear

O líder norte-coreano Kim Jong-un afirmou que o país irá suspender todos os testes com mísseis e encerrar o centro de testes nucleares.

"A partir de 21 de abril [amanhã], a Coreia do Norte vai parar com os ensaios nucleares e o lançamento de mísseis balísticos intercontinentais", informou a KCNA, a agência de notícias da Coreia do Norte, de acordo com a agência sul-coreana Yonhap.

A decisão surge na sequência de uma assembleia do Partidos dos Trabalhadores, que está no governo, diz a BBC.

Ontem, o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, já tinha revelado que a Coreia do Norte tinha expressado o desejo de uma total desnuclearização da península.

As duas Coreias têm feito um esforço nos últimos dias para melhorar o relacionamento. Hoje mesmo, abriram uma linha privilegiada de comunicações entre seus líderes, uma espécie de 'telefone vermelho'.

Na próxima semana, realiza-se uma cimeira entre o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, e o líder norte-coreano Kim Jong Un, na zona desmilitarizada que divide a península. Esta será a primeira cimeira entre as duas Coreias em 11 anos e está agendada para o dia 27 de abril.

Espera-se que em junho Kim Jon-un se encontre com o presidente norte-americano Donald Trump. A acontecer, será a primeira vez que um líder da Coreia do Norte se encontra com o presidente dos EUA.

Mais Notícias