Caldos Knorr alteram nome a "molho cigano" para evitar acusações de racismo

O "molho cigano" da Knorr vai passar a chamar-se "molho paprika estilo húngaro", depois de vários pedidos de grupos de cidadãos preocupados com a designação.

De "Zigeuner sauce", como quem diz em alemão "molho cigano", passa para "molho paprika estilo húngaro". A decisão parte da empresa alemã Knorr, que produz o molho, para evitar associações com ideais racistas, avança o jornal alemão Bild.

"Como a expressão molho cigano pode ser interpretada de forma negativa, optámos por dar um novo nome ao nosso knorr", justificou a Unilever, detentora da marca.

Apesar da iniciativa partir da empresa agora, desde 2013, que vários grupos de cidadãos se juntaram para pedir a mudança do novo do molho picante. Até aqui a Unilever rejeitou sempre a ideia.

"Zigeuner" é uma expressão alemã depreciativa que começou por ser usada para designar minorias étnicas, como os Roma ou Sinti (etnias ciganas), em situações de pobreza e exclusão social.

Há mais de cem anos que o molho à base de tomate, pimentão, cebola, vinagra e especiarias tem a mesma designação.

Agora, a Knorr dá este passo depois de várias empresas norte-americanas terem começado a rebatizar marcas tradicionais como resposta às preocupações com estereótipos raciais.

A alteração do nome do molho alemão deverá ser feita já nas próximas semanas.

Mais Notícias