Bélgica regista recorde diário de 13.227 casos de covid-19

A Bélgica registou 13.227 novos casos positivos para o novo coronavírus nas últimas 24 horas, um recorde nacional desde o início da pandemia, que apaga o declínio aparente de quarta-feira e aumenta para 75% a subida média semanal.

Embora os dados reflitam em parte um aumento do número de exames realizados, atingindo uma média de 65 mil exames diários, 35% a mais do que na semana anterior, o número de internamentos e óbitos também subiu.

A incidência média acumulada nos últimos 14 dias por 100 000 pessoas na Bélgica é de 9 279 casos, próxima dos 975,8 da República Checa, país da União Europeia (UE) mais afetado pela segunda onda do novo coronavírus, de acordo com o boletim de quarta-feira do Centro Europeu para Prevenção e Controlo de Doenças.

Nas últimas 24 horas, foram registados 421 internamentos hospitalares na Bélgica, número que não era alcançado desde o dia 10 de abril. Entre 15 e 21 de outubro, os internamentos aumentaram 88%, chegando a 3 191 por dia.

Em termos de mortes, nas últimas 24 horas ocorreram na Bélgica 50 óbitos relacionadas com o vírus Sars-CoV-2, que provoca a covid-19, enquanto na semana passada a média era de 33 pessoas por dia.

A positividade média do país ficou em 16,3% nos últimos 7 dias, com recorde em Liège (leste), onde chegou a 25%, ou seja, um positivo a cada quatro exames realizados.

Mais Notícias