A festa irmã do Avante! não vai realizar-se

Pandemia do coronavírus obriga à anulação da Fête de l'Humanité enquanto evento de massas.

Conhecida popularmente como Fête de l'Huma, a festa produzida desde 1930 pelo L'Humanité, jornal do Partido Comunista Francês (PCF), não vai realizar-se este ano devido à pandemia.

"Os riscos sanitários, financeiros e legais obrigam-nos a desistir da ideia de realizar uma festa, mesmo que em formato reduzido", escreveu no L'Humanité Patrick Le Hyaric, o diretor do periódico fundado há 116 anos.

Tal como em Portugal com a Festa do Avante!, a festa do órgão do PCF é um acontecimento cultural, mas também de afirmação da militância comunista e de recolha de fundos. A este propósito, Le Hyaric explica que o evento marcado para 11, 12 e 13 de setembro custaria 2,1 milhões de euros, um investimento que nunca poderia ter retorno com as medidas sanitárias em vigor.

"Desde meados de junho, temos vindo a responder aos pedidos das autoridades estatais e sanitárias para a organização de um festival reduzido em superfície e em número de participantes, com um protocolo de saúde muito rigoroso. Mas a proibição de concertos, o uso obrigatório de máscaras e os sinais de ressurgimento da epidemia estão a criar muita incerteza sobre o alcance, em setembro, de uma autorização dada hoje, especialmente porque a Fête está localizada no coração de uma zona urbana densa", explica o diretor do jornal.

Novo formato

Além do mais, a organização apostava num formato reduzido a 20 mil participantes por dia, um número muito superior ao permitido hoje em dia pelas autoridades francesas, 5 mil.

"Com os riscos de saúde muito reais, temos também de ter em conta a nossa situação financeira", escreve Le Hyaric, pelo que a festa vai realizar-se na mesma data, num novo formato, com "iniciativas culturais, grandes debates, atos de solidariedade internacional e discursos de protagonistas de movimentos sociais, de cidadania e e culturais, em vários locais da região parisiense e não só, retransmitidos numa plataforma digital dedicada".

Avante! avante?

Em Portugal, o PCP planeia realizar a Festa do Avante! nos dias 4 a 6 de setembro. Há três semanas, o jornal oficial do partido publicou um texto em que dava conta das medidas a tomar para minimizar os riscos da pandemia: mais 10 mil metros quadrados na Quinta da Atalaia, três palcos ao ar livre, delimitação de espaços, pontos de lavagem e de desinfeção das mãos, equipas permanentes de limpeza dos sanitários.

Questionado pelos jornalistas sobre a realização do evento, o secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, afirmou: "Mantemos a Festa do Avante!, mas pesaremos e bem as circunstâncias em que se possa realizar."

Mais Notícias