"Oportunidades da UE para os Jovens" marcam a última sessão Media Lab LIVE "Falando da Europa"

Na quinta-feira, dia 11 de março, foi realizada a última sessão da 9ª edição do Workshop Media Lab "Falando da Europa". Esta atividade contou com a presença de alunos e professores da Escola Secundária D. Pedro V (Lisboa) e da Escola Básica e Secundária Ibn Mucana (Beja). A participar nesta sessão, esteve também presente a oradora Beatriz Rocha, Embaixadora Portuguesa das Carreiras da União Europeia, que abordou o tema "Oportunidades da UE para os Jovens".

O início das atividades deu-se por volta das 13h30 com as boas vindas a cargo do Coordenador do Media Lab, Alexandre Varella Cid, e pela Formadora do Media Lab, Mariana Amorim. Ainda em jeito de apresentação, Fernanda Fernandes deu as boas-vindas e explicou em que consistia o Espaço Europa, da qual é representante, afirmando que se trata de um serviço da Comissão Europeia que garante acesso a informação sobre programas, estágios e trabalhos, realizado através de diversas atividades cujo objetivo é o desenvolvimento das competências dos jovens. Foi também com esta missão que, em 2012, o Espaço Europa e o Media Lab DN e JN uniram-se para fazer acontecer o projeto "Falando da Europa" que une a cidadania europeia à literacia mediática, e que há 9 anos consciencializam jovens portugueses de todo o país para estas questões com especial enfoque na relevância da Cidadania Europeia.

Feitas as apresentações, a Formadora do Media Lab, Mariana Amorim, liderou uma exposição teórica e interativa com os alunos, centrada na importância da boa informação e nos malefícios da má informação. Fake news e clickbait foram alguns dos conceitos aprofundados e, no final, os alunos foram recordados acerca das regras necessárias para a construção de uma notícia.

Já que um dos objetivos do projeto Media Lab é fazer dos jovens "jornalistas por um dia" deu-se início àquela que seria a atividade prática da sessão. Os alunos foram divididos em três grupos, que funcionaram como redações jornalísticas de rádio, vídeo e digital, trabalhando notícias sobre a Europa para cada um dos formatos específicos.

Com o trabalho jornalístico concluído e os noticiários terminados com sucesso, os alunos voltaram a reunir-se na sala virtual Zoom inicial, onde a oradora Beatriz Rocha preparava a sua apresentação.

Enquanto atual aluna de licenciatura em Biologia na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, a oradora tornou-se Embaixadora das Carreiras e Estágios da União Europeia, projeto ao qual aderiu há sensivelmente um ano atrás. Beatriz Rocha trabalha então para a EU Careers, programa organizado pela EPSO (European Personnel Selection Office), juntamente com mais seis embaixadores portugueses, com a missão de dar a conhecer as oportunidades que a União Europeia tem para os jovens, cultivando o interesse nos mesmos.


O objetivo da sua participação nesta sessão "Falando da Europa" foi o de, pelas palavras de Beatriz, "desmistificar a ideia de que trabalhar na União Europeia é difícil". Mais acrescenta que, qualquer cidadão europeu legal, licenciado ou não, poderá ter um cargo à sua espera numa das instituições ou agências que compõem a União Europeia, dando o seu exemplo pessoal. Essas agências foram também enumeradas, fazendo parte das mesmas, o Parlamento Europeu e o Conselho Europeu, "entre muitas outras". A oradora convidada pormenorizou também os vários passos que fazem parte do recrutamento para trabalhar ou estagiar na UE, bem como os requisitos mais valorizados, sendo estes: o domínio de uma ou mais línguas para além da materna; proatividade e; por último, mas não menos importante, o saber e o gosto por trabalhar em equipa, já que "este trabalho seria muito difícil de se concretizar sozinho", afirma Beatriz.

Desmistificadas todas as ideias preconcebidas de que as oportunidades de acesso à UE são limitadas, alguns dos alunos assumiram o papel de repórteres e puderam colocar algumas questões numa sessão de entrevistas realizada à oradora e embaixadora Beatriz Rocha.

Uma vez colocadas todas as dúvidas, o feedback em relação à atividade organizada pela equipa do Media Lab em conjunto com o Espaço Europa foi bastante positivo por parte dos alunos que, a pedido do Coordenador Media Lab, Alexandre Varella Cid, resumiram a experiência numa só palavra, entre as quais se destacaram "produtivo", "imersivo", "diferente" e "dinâmico". Também os professores louvaram o dinamismo da sessão, na medida em que, pelas palavras da Professora Dalila Chumbinho, "colocou os alunos a rever conteúdos lecionados anteriormente, fazendo-os entrar também no mundo do jornalismo e da informação". Outro testemunho dado, desta vez, pela Professora Paula Abreu, salienta a importância que é os alunos "terem outras experiências para além das aulas", ainda que em regime online. Para terminar, o Professor Nuno Sousa apontou que a perceção das "oportunidades e potencialidades que a UE pode proporcionar" seria uma mais-valia para o futuro dos jovens.

O Media Lab - Diário de Notícias - é um projeto de educação não-formal cuja missão visa a promoção da literacia mediática e da informação, através de atividades lúdico-pedagógicas para todos os públicos, em prol de uma participação cívica informada e ativa.

Saiba como participar no site do projeto.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG