Lisbon Digital School explica o mundo digital e as profissões do futuro no "Falando da Europa"

Virgínia Coutinho, Diretora-geral e Fundadora da Lisbon Digital School, foi a convidada especial da sessão do workshop "Falando da Europa" dedicada ao tema "Competências Digitais".

Foi a 25 de fevereiro último, que alunos da Escola Profissional Bento de Jesus Caraça e da Escola Secundária Quinta das Palmeiras participaram na 3ª sessão do workshop "Falando da Europa" 2020/21. A atividade do Media Lab DN e JN decorreu em formato online LIVE.

No decorrer da sessão, na qual os estudantes participaram a partir das suas casas, os jovens prepararam notícias para vídeo, rádio e redes sociais, consciencializando-se, simultaneamente, sobre a importância de estar informado e os perigos da desinformação nos dias de hoje. "Só porque temos acesso a muita informação, isso não significa necessariamente que estejamos a ter a acesso a informação de qualidade e portanto, apesar de hoje em dia ser mais fácil estarmos informados, é também mais fácil estarmos mal informados" explicou Mariana Amorim, monitora do Media Lab, na formação teórica que marcou o início do workshop.

Os alunos tiveram ainda a oportunidade de ouvir e entrevistar a oradora Virgínia Coutinho, que lhes falou sobre as Competências Digitais. A formadora oficial da Google, no Programa Google Atelier Digital, alertou os participantes para o advento da digitalização, onde todas as áreas, da agricultura à gestão governamental, serão transformadas: "Mesmo em áreas como psicologia ou direito, vocês vão ter de perceber as ferramentas digitais e tecnológicas para fazer bem o vosso trabalho. Estima-se que 50% dos empregos que existem neste momento vão desaparecer em 2025. Vai transformar-se a forma como nós olhamos para um trabalho e vão surgir muitas novas profissões."

Confrontados com estes dados, alguns alunos mostraram-se apreensivos, mas a oradora foi rápida a assegurar que "os humanos vão ser sempre necessários" mesmo num mundo digital: "Há coisas que nunca serão substituíveis, como a capacidade de analisar dados e retirar "insights". Um robô consegue escrever notícias, mas é preciso alguém que faça a verificação das fontes e que adicione sentido crítico".

Virgínia Coutinho revelou ainda que, apesar de não participar em palestras há já algum tempo, não pode deixar de aceitar o convite do Media Lab e do Espaço Europa: "Há um ano e meio que não dou qualquer palestra, pelo esforço que envolve organizar as coisas e por falta de tempo... mas quando soube que eram alunos do secundário nem sequer pus a hipótese de não o fazer, até pelo impacto que sei que pode ter. Muitíssimo obrigada pelo convite e parabéns pelo projeto, que é giríssimo."

O projeto "Falando da Europa" conta com o apoio da Representação da Comissão Europeia e do Gabinete do Parlamento Europeu em Portugal, através do Espaço Público Europeu - Espaço Europa -, e promove anualmente um conjunto de workshops gratuitos que desafiam os jovens a serem "jornalistas da Europa", estimulando-os para as diferentes temáticas europeias.

O Media Lab - Diário de Notícias - é um projeto de educação não-formal cuja missão visa a promoção da literacia mediática e da informação, através de atividades lúdico-pedagógicas para todos os públicos, em prol de uma participação cívica informada e ativa.

Saiba como participar no site do projeto.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG