A primeira página do DN desta quarta-feira

Conheça ao pormenor a capa do jornal que encontra de manhã nas bancas.

"Primeira vaga da pandemia foi mais difícil de gerir". É este título da manchete do DN desta quarta-feira, uma entrevista ao diretor clínico do Hospital de Santo António, onde o médico explica os esforços que a unidade hospitalar fez para conseguir evitar a rutura dos serviços e onde nega que se tenha abandonado doentes não covid.

Ainda no âmbito da pandemia, fique a saber que o hospital de contingência instalado no Estádio Universitário poupou 753 dias de internamento em Lisboa. E que os médicos do privado começaram a ser vacinados, sob coordenação da Ordem.

"A minha filha é insubstituível?" No DN desta quarta-feira há também uma entrevista ao escritor Kazui Ishiguro, sobre o primeiro romance após ter recebido o Nobel de 2017. Uma entrevista rara do escritor que não gosta de falar sobre o que escreve.

"Mais impostos e incentivos: governo avança com nova reforma fiscal verde". Comissão vai apoiar Portugal a gastar melhor os subsídios europeus, diz Elisa Ferreira.

No desporto, pode ler um trabalho sobre "os impérios do futebol: há 85 emblemas ligados por 33 donos". O Manchester City é a estrela maior de um grupo com 11 clubes. Mas existem mais casos.

Outros títulos:

- "Covid ampliou obstáculos e risco de violência sobre quem tem deficiência", diz a secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência.

- "Eurodeputada dinamarquesa: "É preciso acabar com as hierarquias"

- "Destruição de emprego na crise foi mais dura entre estrangeiros"

- "Novo aeroporto. Governo quer mudar lei e estuda três opções - uma ainda é o Montijo"

Mais Notícias

Outras Notícias GMG