Homem mata três pessoas durante festa de aniversário da filha em Nova Iorque

Suspeito matou a mãe da sua filha e duas filhas de um relacionamento anterior da vítima, antes de cometer suicídio

Um homem matou a tiro, na segunda-feira à noite, três pessoas num apartamento de Nova Iorque onde decorria a festa de nono aniversário da sua filha, suicidando-se em seguida, revelou esta terça-feira a polícia local.

O alegado homicida, Joseph McCrimons, matou a mãe da sua filha e duas filhas de um relacionamento anterior da vítima, antes de cometer suicídio, revelou a polícia nova-iorquina, acrescentando que o seu corpo foi encontrado num passeio junto a duas armas.

Os disparos ocorreram cerca das 23:15 nas Van Dyke Houses, um complexo de habitação social no bairro de Brownsville, em Brooklyn, precisou a fonte policial.

Segundo o chefe dos detetives da polícia de Nova Iorque (NYPD), James Essig, o alegado homicida, de 46 anos, esteve envolvido numa relação amorosa com a mãe da sua filha, Rasheeda Barzey, durante 20 anos.

Apesar de não haver registo de episódios de violência doméstica entre o casal ou chamadas para o número de emergência nacional (911) que envolvessem McCrimons e Barzey, a relação entre ambos tornara-se "bastante pesada" nos últimos tempos, segundo o Essig.

O alegado homicida já tinha cumprido uma pena de oito anos numa prisão estatal devido a uma condenação por homicídio involuntário em Long Island, outro bairro de Nova Iorque, da qual foi libertado em 2003.

Os agentes que acorreram ao apartamento após uma chamada para o 911 feita pela própria filha de nove anos do alegado homicida encontraram Barzey, de 45 anos, e as suas duas filhas, Soleu Spears, de 20, e Chloe Spears, de 16, mortas devido aos ferimentos causados pelos disparos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG