Destroços de motor de avião comercial caem sobre zona residencial nos EUA

Avião fazia a ligação entre Denver e Honolulu com 241 pessoas a bordo, incluindo dez tripulantes.

Destroços do motor de um avião comercial caíram este sábado nos subúrbios da cidade norte-americana de Denver e o aparelho, um Boeing 777-200, teve de voltar ao aeroporto para uma aterragem de emergência, na sequência da falha de um dos seus motores.

Segundo as autoridades, citadas pela agência de notícias Associated Press (AP), o avião que fazia a ligação entre Denver e Honolulu conseguiu aterrar em segurança no Aeroporto Internacional de Denver e nenhuma das 241 pessoas a bordo ficou ferida. Também não houve feridos a lamentar no solo.

Fotografias disponibilizadas pelas autoridades policiais mostram alguns destroços de grande dimensão junto a uma casa num bairro localizado a cerca de 40 quilómetros a norte de Denver.

Tyler Thal, morador nesta área, adiantou à AP que, quando estava a passear com sua família, percebeu que um grande avião comercial estava a voar estranhamente baixo e que começou a filmar com o seu telemóvel.

"Enquanto estava a olhar para o avião, vi uma explosão e, em seguida, uma nuvem de fumo e alguns destroços a cair. O avião simplesmente continuou e não o vimos depois disso", relatou.

Também hoje, um avião de carga perdeu parte de um dos motores, que explodiu durante a descolagem do aeroporto Aeroporto de Maastricht Aachen. Os destroços do motor atingiram um carro estacionado numa garagem na cidade holandesa de Utrecht.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG