Autoridades francesas resgatam 72 migrantes em perigo no Canal da Mancha

A guarda costeira foi alertada pela manhã de que vários barcos estavam em perigo na costa de Calais.

Equipas de resgate francesas ajudaram 72 migrantes no Canal da Mancha quando se dirigiam, em dois barcos, para o Reino Unido, anunciou este domingo as autoridades marítimas.

A guarda costeira foi alertada pela manhã de que vários barcos estavam em perigo na costa de Calais, no norte da França.

Um deles foi rebocado por uma patrulha francesa e as 38 pessoas a bordo foram levadas para Calais.

Enquanto isso, outros 34 migrantes foram resgatados pela Marinha de França e transferidos para Boulogne-sur-Mer, também no norte do país.

Todos os resgatados encontravam-se bem de saúde e foram tratados pelos serviços de resgate e pelas autoridades fronteiriças.

Desde o final de 2018, o número de travessias irregulares do Canal da Mancha aumentou consideravelmente. Em 2020, ocorreram cerca de 9500 dessas travessias, segundo a Guarda Costeira, quatro vezes mais que no ano anterior.

Seis pessoas morreram e três foram declaradas desaparecidas quando tentaram atravessar o Canal no ano passado, enquanto em 2019 foram registadas quatro mortes.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG