Exclusivo Áustria prepara-se para apagão. Portugal sem motivo para alarme 

Viena está a levar a sério cenário de falha energética e aconselha cidadãos a terem em casa reservas alimentares para duas semanas e um fogão portátil. Por cá, sem dependência do gás russo, a maior preocupação será a dos ataques cibernéticos.

Por motivos políticos e económicos, países como a Venezuela e o Líbano têm sofrido interrupções frequentes no abastecimento de eletricidade. Devido às mais variadas causas qualquer país pode ficar às escuras. Em Portugal uma anónima e eletrocutada cegonha ficou célebre por ter provocado, no ano 2000, um dos maiores apagões da história. O embate da ave contra uma linha de alta tensão no concelho da Figueira da Foz deixou o centro e o sul do país às escuras durante mais de duas horas.

O governo austríaco mostra-se preocupado com o tema e iniciou uma campanha de sensibilização dos cidadãos para que estes estejam preparados para a "ameaça imediata" de ficarem sem energia em casa por horas ou dias. O diretor do Gabinete de Segurança Nacional de Portugal desdramatiza sobre o cenário de ficarmos à luz das velas: "Nada é 100 por cento seguro, mas também não estamos necessariamente sempre à beira da catástrofe."

Mais Notícias

Outras Notícias GMG