Ataque a clínica faz quatro mortos. Mulher detida como a principal suspeita

Quatro pessoas morreram e uma pessoa ficou gravemente ferida no ataque a uma clínica na cidade alemã de Potsdam. Mulher de 51 anos foi detida.

Um ataque a uma clínica em Potsdam, na Alemanha, fez quatro mortos e um ferido grave, segundo informou, esta quinta-feira, a polícia. As autoridades indicaram que as vítimas foram sujeitas a uma "violência extrema e intensa", mas não deram mais informações sobre as circunstâncias deste ataque.

Uma mulher, de 51 anos, funcionária da clínica Oberlin foi detida. Há uma "forte suspeita" de ter sido a responsável pelo ataque, disse a polícia.

As autoridades indicaram que ainda não se conhece o que terá motivado esta situação.

Acredita-se que as vítimas mortais sejam doentes da clínica, segundo o jornal local Potsdamer Neueste Nachrichten.

A polícia estadual de Brandenburg foi chamada à Clínica Oberlin por volta das 21:00 (hora local) de quarta-feira. As vítimas mortais foram mais tarde descobertas nos seus quartos.

A clínica é especializada em ajudar pessoas com deficiência, disponibilizando também atendimento ao domicílio.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG