Graça Freitas

Vice-presidente da Ordem dos Médicos do Sul

Brigadas nos lares não chegam. É preciso presença médica regular

Jorge Penedo aponta que a dimensão clínica dos lares "não tem sido valorizada" nos últimos anos, o que dificultará agora a tarefa de lidar com a pandemia nestas instituições. Em entrevista ao DN, o vice-presidente da Secção do Sul da Ordem dos Médicos diz que está nas mãos do Estado garantir este apoio, que não precisa de ser diário, mas dado de forma organizada e continuada. Brigadas em tempo de covid? "O problema não se resolve com estas equipas."