Ordem dos Médicos

Filipe Froes e Patricia Akester

Para o vírus não existem nem israelitas nem palestinianos, apenas fontes de contágio

Aqui reportámos recentemente que Israel lidera, de forma louvável, o processo de vacinação. Tendo assegurado um fornecimento colossal da vacina da BioNTech-Pfizer já administrou, segundo o respectivo Ministério da Saúde, uma dose de vacina a aproximadamente três milhões e duas doses a quase dois milhões dos seus cerca de nove milhões de habitantes. A estratégia, a precisão militar, o planeamento e a eficiência israelitas são impressionantes. Invejáveis mesmo, pensámos nós.

Exclusivo

Liga Portuguesa contra o Cancro

"Há muitos diagnósticos precoces de cancro que não estão a ser feitos"

Na semana em que denunciou que mais de mil cancros terão ficado por identificar desde o início da pandemia, o presidente da Liga Portuguesa contra o Cancro reforça ao DN a importância de retomar a atividade dos centros de saúde, sobretudo para cancros como o colorretal e o do colo do útero. Vítor Rodrigues integra o grupo de peritos europeus para o rastreio do cancro, é professor de Epidemiologia e Saúde Pública na Universidade de Coimbra e acredita que estaremos "entre a segunda e a terceira" das quatro fases de uma pandemia. Sublinha a importância de envolver o setor privado neste combate, para evitar o colapso.