Banco Central Europeu

Manuel Rodrigues

Chaves da recuperação para 2021? Contenção da epidemia, multilateralismo e política monetária

O impacto do surto pandémico da covid-19 fez a economia mundial mergulhar em apenas nove meses na maior recessão de um século, com o produto interno bruto (PIB) global a regredir 4,4%(1). Prevê-se que em 2020 o produto interno bruto recue em todas as economias (com exceção da China) entre 2% e 12% (1) como resultado das disrupções provocadas pela pandemia tanto do lado da oferta como do lado da procura.