Exclusivo Aconteceu em 1989 - Estudantes na Praça de Tiananmen

DN noticiou a 28 de maio de 1989 que movimento estudantil iria abandonar a Praça Tiananmen, que poucos dias depois, a 4 de junho, seria palco de um massacre.

"Estudantes vão abandonar a Praça de Tiananmen" era a manchete do DN a 28 de maio de 1989, a propósito do movimento estudantil chinês que levou a cabo várias manifestações entre 15 de abril de 4 de junho desse ano na emblemática praça de Pequim.

"Os dirigentes do movimento estudantil chinês anunciaram ontem que vão abandonar a Praça Tiananmen, mas convocaram ainda manifestações para hoje e terça-feira, após o que deixarão o local. Os cartazes a anunciar a manifestação de hoje, em local não especificado, referem palavras de ordem em defesa da democracia, da liberdade e dos direitos humanos. No entanto, segundo os líderes estudantis, não se criticará Li Peng, a figura mais contestada desde o início do movimento e que acabou por sair vitorioso da crise, em detrimento de Zhao Zyiang", escreveu o nosso jornal.

Mais Notícias