Premium Trudeau. O líder sob escândalo que os canadianos não querem mudar

O primeiro-ministro vai ser ouvido na comissão das finanças da Câmara dos Comuns devido às relações que tem com a ong WE Charity.

Na quinta-feira Justin Trudeau vai responder aos deputados da comissão das finanças sobre o mais recente escândalo, mas apesar da sua história atribulada com a ética transparece na imprensa local uma inevitabilidade quanto à continuidade da relação de conveniência do primeiro-ministro com os canadianos.

Por exemplo, o editorial de domingo do National Post dá conta de um desencanto e de um pragmatismo em doses iguais. "O primeiro-ministro não acredita que as regras se lhe apliquem. O ministro das Finanças parece não se conseguir lembrar se as quebrou ou não. Mas ambos permanecerão no cargo. Afinal, estes são, como nos recordam constantemente, tempos sem precedentes."

Ler mais

Mais Notícias