Premium Mesmo que ficassem em casa, Os Cinco nunca perdiam uma aventura

As aventuras d'Os Cinco estão de regresso em banda desenhada. O grupo que em todas as férias tinha uma aventura, mesmo que ficassem de castigo em casa. Uma leitura mesmo a propósito para as férias forçadas de pais e filhos.

Quase oito décadas depois de a escritora inglesa Enid Blyton ter publicado a primeira aventura d'Os Cinco, ela chega novamente às livrarias, agora em formato banda desenhada. Como não podia deixar de ser, esta nova coleção começa com Os Cinco e a Ilha do Tesouro, onde quem ainda desconhece do que consta esta série de livros que têm sido sucessivamente reeditados pode perceber logo do que se trata: quatro jovens e um cão que se envolvem em aventuras constantes.

Os Cinco são: Júlio (Julian, na versão original), que é o mais ajuizado, Ana (Anne), a mais medrosa, David (Dick), um aventureiro, Zé (Georgina), a típica maria-rapaz, e Tim (Timmy), um cão que os vai salvar várias vezes das aventuras em que se metem. É a Zé a personagem que recebe os três primos quando estes vão passar umas férias em casa dos seus pais, onde, como seria inevitável, têm uma primeira aventura. Que mete uma ilha e um antigo navio afundado, que uma tempestade faz voltar à superfície, e fornece aos cinco uma experiência que jamais irão esquecer.

Ler mais

Mais Notícias