Exclusivo Governo vai discutir disparidades salariais com patrões e sindicatos

PS defende um mecanismo que trave as diferenças entre salários de topo e na base e que penalize financeiramente as empresas que não cumpram. Executivo leva tema à concertação social.

O governo admite levar à concertação social o debate sobre mecanismos que travem as disparidades salariais em cada empresa, como defende o grupo parlamentar socialista. A bancada do PS avança com um projeto de resolução que "recomenda ao governo o estabelecimento de um limite proporcional para a disparidade salarial no interior de cada organização" e que será discutido na próxima quinta-feira na Assembleia da República.

Questionado pelo DN sobre se a medida está a ser ponderada, o gabinete de Vieira da Silva respondeu que "o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social vai preparar o debate sobre esse projeto de resolução na concertação social".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG