Exclusivo Aconteceu em 1985 - "Tempestades e frio intenso" no mundo

O ano de 2019 acabou com a Austrália a arder e a Rússia a comprar neve artificial naquele que foi o inverno mais quente dos últimos 120 anos. A 7 de janeiro de 1985 o Diário de Notícias noticiava como o mundo, então, tremia de frio.

"Tempestades e frio intenso causam mortes e prejuízos" era o título da notícia de primeira página do dia 7 de janeiro de 1985 do Diário de Notícias. O jornal contava como a vida em Roma estava "paralisada" por causa da neve com aeroportos encerrados. Por outro lado, Lisboa, Londres e Madrid eram das cidades menos atingidas pela vaga de frio.

Até a região da Côte d'Azur, "afamada pelo seu clima ameno", escrevia o DN, sofria "as inclemências do mau tempo que afeta França" e que já causara a morte a quatro pessoas no país. Numa pequena aldeia francesa os termómetros chegaram a registar 33 graus negativos e em Nice havia palmeiras cobertas de neve.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG