Exclusivo Lourenço, Melinha e Manel do Laço. Histórias de quem não sabe ver futebol sem ser no estádio

A bola volta a rolar nos relvados portugueses nesta quarta-feira e sem adeptos nos estádios. Um cenário estranho que obriga os mais fiéis a encontrar alternativas para ver o jogo do clube do coração.

Nesta quarta-feira, às 19.00, a bola voltará a rolar em Portugal, num Portimão Estádio de portas fechadas ao público. Com as bancadas vazias e silenciosas por todo o país, não haverá a Melinha de Braga a gesticular para o árbitro, nem as palmas do Manuel do Laço ou o trompete do senhor Lourenço. A pandemia obrigou o futebol português a parar no dia 12 de março e conseguiu o impensável: afastar dos estádios três dos mais reconhecidos adeptos de clubes em Portugal. Agora, futebol só na televisão. Mas não perdem a esperança de um dia voltar às bancadas, que chamam de "segunda casa".

O Lourenço trompetista que já foi atleta do FC Porto

Mais Notícias