Premium Guatemala e México: os polícias anti-imigração de Trump?

Através de ameaças de tarifas e pressão económica, o presidente dos EUA conseguiu assinar um acordo de "terceiro país seguro" com a Guatemala. E diz que há outros que se seguirão. Medida falhou com o México, que ainda assim enviou a sua nova Guarda Nacional para as fronteiras, para travar entradas ilegais no vizinho do norte.

"O crime violento, como assaltos armados e homicídios, é comum. A atividade de gangues, como extorsão, crime de rua violento e tráfico de droga, é generalizada." Este é o alerta que os EUA dão, no site do Departamento de Estado, a quem queira viajar para a Guatemala. Mas o que é perigoso para os seus cidadãos não parece ser para migrantes e refugiados.

Os EUA assinaram na semana passada um acordo de "terceiro país seguro" com a Guatemala, que estabelece que os migrantes não têm direito à proteção nos EUA se tiverem passado por este país sem pedir asilo. O acordo permite ainda às autoridades norte-americanas devolverem à Guatemala os migrantes que cheguem à sua fronteira, aliviando a pressão no seu próprio sistema de imigração.

Ler mais

Mais Notícias