Exclusivo O mistério de Mesut Özil, o campeão do mundo marginalizado no Arsenal

O médio alemão, que em 2013 levou os londrinos a bater o recorde de transferências, tem o salário mais alto do clube, mas não foi inscrito na Premier League e na Liga Europa. Há várias teorias sobre o afastamento deste ídolo dos adeptos, que termina contrato em julho de 2021.

O que se passa com Mesut Özil? É esta a pergunta que os adeptos do Arsenal mais têm feito nos últimos tempos, depois de o médio campeão do mundo pela Alemanha não ter sido inscrito na Premier League, nem na Liga Europa, limitando-se a treinar e a receber o chorudo ordenado contemplado no contrato que termina em julho de 2021.

Sem saber, no dia 7 de março de 2020 iniciou-se o apagão da carreira de Mesut Özil. Nessa tarde, no Estádio Emirates, em Londres, o médio foi titular do Arsenal, substituído aos 89 minutos por Héctor Bellerín para receber o aplauso dos adeptos, após uma boa exibição, culminada com a assistência para o golo de Alexandre Lacazette, que ditou o triunfo por 1-0 no dérbi com o West Ham.

Mais Notícias