Premium Relatório na gaveta. 292 vistos ilegais para a Associação Solidariedade Imigrante

A Associação Solidariedade Imigrante legalizou estrangeiros através da obtenção de autorizações de residência que um inquérito interno do SEF considerou irregulares e à margem da lei.

É mais um caso que sobressai do processo disciplinar de inquérito do SEF, que registou indícios de corrupção nos serviços e a validação de cerca de nove mil vistos ilegais. O processo foi arquivado sem punições dos responsáveis ou investigação criminal às suspeitas.

A Associação Solidariedade Imigrante (Solim) apoiou a legalização de, pelo menos, 292 estrangeiros através de procedimentos que aquela inspeção interna considerou à margem da lei.

Ler mais

Mais Notícias