TdC não pode reanalisar contrato de municipalização da Porto Vivo

Câmara do Porto diz estar a "estudar" este novo acórdão "de modo a analisar as alternativas possíveis".

O Tribunal de Contas (TdC) não pode reanalisar o contrato de municipalização da Porto Vivo — Sociedade de Reabilitação Urbana (SRU), porque o mesmo já tinha sido alvo de recusa de visto, revelou hoje à Lusa fonte oficial.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG