Super Bock rejeita acusação da AdC. "Não cometeu qualquer infração"

Cervejeira arrisca multa até 10% do volume de negócios, ou seja, mais de 52 milhões se for considerada culpada de práticas anti-concorrenciais

A Super Bock repudia e “rejeita categoricamente” a acusação da Autoridade da Concorrência (AdC) que acusou a cervejeira de pelo menos mais de uma década ter tido práticas anti-concorrenciais e com isso prejudicar os consumidores. “A Super Bock Bebidas lamenta o teor do comunicado publicado pela Autoridade da Concorrência, que põe em causa o seu bom nome e reputação, num processo ainda em curso, sem qualquer decisão final proferida”. Caso seja considerada culpada, empresa arrisca uma coima até 10% do seu volume de negócios, ou seja, mais de 52 milhões tendo por base os resultados do ano passado.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG