Queda recorde na dívida e superior ao esperado: 125,6% do PIB em 2017

Economia cresceu 4,1% em 2017, em termos nominais, quando governo há cinco meses previa 3,9%. Expansão maior ajudou a aliviar a carga da dívida.

O peso da dívida pública desceu mais em 2017 do que se estimou inicialmente e essa redução terá sido das maiores de que há registo. Segundo o governo, o fardo do endividamento desceu 125,6% do PIB, menos 4,3 pontos do produto interno bruto (PIB), igualando a redução obtida em 1997, indicam informações do Ministério das Finanças e do Eurostat consultadas pelo Dinheiro Vivo.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG