Prazos e regras são a única proteção de inquilinos

Quando está em causa a duração do contrato ou o aumento da renda, a lei pouca ou nenhuma proteção dá ao inquilino.

Carlos Gil faz parte do cada vez mais numeroso grupo de inquilinos que tem um contrato de arrendamento pelo prazo de um ano e, neste ano, passou também pela experiência (cada vez mais comum) de ver chegar pelo correio uma carta a dar-lhe conta da intenção do senhorio em aumentar-lhe a renda. Caso contrário, o contrato não seria renovado.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG