Paulo Pina: "É muito difícil atrair talento para a segurança"

Paulo Pina, diretor-geral da Prosegur, para a área de security fala dos desafios da globalização e cibersegurança.

Antecipação, tecnificação, talento. São palavras-chave numa era em que a digitalização da economia e a diluição de fronteiras por via da globalização fazem especial sentido – também na área da segurança, que cada vez mais tem de lidar com riscos mais sofisticados, apesar de ter ganho acesso a instrumentos muito mais complexos. "A informação dos nossos clientes passou a ser um bem incrivelmente importante que temos o dever de segurar", concorda Paulo Pina, que há menos de um ano assumiu a direção-geral da Prosegur Security, uma das maiores na segurança privada em Portugal e que tem feito caminho nesta área.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias