Lucro do Facebook duplica no primeiro trimestre para 4,5 mil ME

A Facebook duplicou o lucro no primeiro trimestre deste ano, para 4.902 milhões de dólares (4.507 milhões de euros), face a igual período do ano anterior, anunciou esta quarta-feira a empresa que gere a rede social.

No mesmo trimestre do ano passado, o resultado líquido da Facebook foi de 2.429 milhões de dólares, se bem que este período não ocorreu no contexto da pandemia da covid-19.

A faturação da empresa liderada por Mark Zuckerberg ascendeu a 17.737 milhões de dólares até março, o que representou um acréscimo de 18% na comparação com os 15.055 milhões de dólares contabilizados no primeiro trimestre de 2019.

O dividendo distribuído pelos acionistas foi de 1,71 dólares por ação, contra 0,85 dólares por ação em igual período do ano passado.

Apesar dos bons resultados apresentados, a Facebook advertiu para o facto de terem sido tidos em conta as últimas três semanas do mês de março em que a pandemia da covid-19 se fez sentir no negócio, o que levou à queda substancial da procura por publicidade digital e em que o preço dos anúncios também caiu.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 224 mil mortos e infetou mais de 3,1 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Cerca de 890 mil doentes foram considerados curados.

Os Estados Unidos são o país com mais mortos (59.446) e mais casos de infeção confirmados (mais de um milhão).

Seguem-se Itália (27.682 mortos, mais de 203 mil casos), Reino Unido (26.097 mortos, mais de 162 mil casos), Espanha (24.275 mortos, cerca de 213 mil casos), França (24.087 mortos, cerca de 169 mil casos).

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Mais Notícias