Investimento direto estrangeiro em Portugal cai quase 20% em 2018

Ainda assim, o país mantém-se como um dos mais atrativos da Europa para os investidores, que desenvolveram no ano passado 76 projetos de investimento.

Em 2018, a Europa mostrou-se menos atrativa para os investidores. Portugal não foi exceção. O investimento direto estrangeiro (IDE) no país caiu 19,95% em relação a 2017. Segundo o Inquérito de Atratividade da consultora EY, divulgado esta terça-feira, no ano passado foram desenvolvidos 74 projetos de IDE, que criaram mais de 6.100 novos postos de emprego. Em 2017, ano em que o investimento estrangeiro atingiu o seu pico, o número de projetos foi de 95, fazendo nascer 7.657 empregos. Em 2016, o número de apoios de IDE tinha sido de 59.

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias