Há 140 mil milhões de euros em despesas públicas fora do radar oficial

Contribuintes responsáveis diretos pelo equivalente a 76% do PIB em despesas que ainda se podem materializar. Conselho das Finanças está preocupado

As contas públicas oficiais homologadas pelo INE e o Eurostat para o défice e a dívida têm de fora um valor muito significativo de despesas ainda não "efetivadas" e que, por isso, representam um risco sério para a consolidação orçamental tal como ela é exigida no quadro das regras europeias, avisou ontem o Conselho das Contas Públicas (CFP).

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Mais Notícias

Outras Notícias GMG